As Minas da Morte

Quem tem o Filho tem a vida; quem não tem o Filho de Deus
não tem a vida
” (I João 5.12).

Muitos passaram a noite acordados assistindo o socorro às vítimas do desabamento da mina San José no Chile. Eram 33 mineiros presos por 69 dias, em condições desumanas a mais de 40° C, mas que viviam a esperança de serem salvos dia após dia. Muito dinheiro e esforço foram investidos pelo Chile para retirá-los de um buraco de 700 metros de profundidade. Ao enviarem a Cápsula salvadora, a Fênix 2, os homens foram todos, um a um, retirados das profundezas da morte.

Fiquei pensando que Deus fez algo assim conosco. Vivíamos nas profundezas do pecado, do orgulho, da mentira, da auto-suficiência, da religiosidade. Morávamos na escuridade do sofrer, da desesperança, do pânico, da morte. Andávamos iludidos pela beleza dos escombros deste mundo tenebroso. Ele enviou não em uma cápsula, mas numa manjedoura o seu filho amado Jesus. Deus enviou seu filho para as profundezas deste mundo cavernoso para te salvar. A sua cápsula foi àquela rude cruz. E, na celebração da vida, que começa aqui, veremos o Senhor Jesus dançar de alegria, porque fomos salvos pelo seu esforço, sua dor e seu sangue.

Por 17 dias eles ficaram presos sem nenhum contato exterior. Não se sabia se estavam vivos, o horror era muito pior. Não sei qual a dificuldade que você tem passado. Mas Deus tem te acompanhado. Conhece os seus segredos e a profundidade de sua dor. Você pode estar vivendo “17 dias”, ou muitas horas, meses ou anos no interior de uma caverna escura, crendo erroneamente que Deus esqueceu de ti, mas Deus sempre esteve contigo. Hoje Ele entrou em contato e hoje mesmo te enviará a “cápsula da vida”, serás retirado de lá nos braços do Senhor Jesus.

Por mais profundo que seja o seu pecado, por mais escuro seja o sofrer, por mais que seu corpo, sua alma e seu espírito estejam desgastados, por mais que estejas ansioso, por mais traumático seja a sua dor, Deus irá te responder e te salvar se tão somente então abrirdes o seu coração para que Ele entre, trate de seu duro coração e o faça de novo.

Não estás sozinho na caverna. Cristo chegou perto e cuida de ti. Veremos você sair da mina, dançando e cantando de alegria, te daremos abraços e certamente nunca mais serás o mesmo.

Oração: Pai, louvo o teu santo nome porque enviaste teu filho amado Jesus para nos tirar de tão terrível morte, a morte eterna. Peço-vos Paizinho que visites os que estão em cavernas de amarguras, doenças, vícios, desesperança e morte. E os traga para luz que é Jesus.