Deus é Suficiente?

Deus é suficiente? Ao receber uma mensagem com esta pergunta, quero compartilhar algumas conclusões com base em minha vida. Esta é uma pergunta que aparece sempre que as circunstâncias da vida não são de acordo com aquilo que imaginamos ou desejamos.

A conclusão é que sim. Deus não somente é suficiente, mas Ele tem que ser suficiente. Mas isso requer um esforço de minha parte para que me lembre sempre disso, pois já me peguei diversas vezes em desespero e esquecido disso. Nesses momentos precisamos perguntar: Deus é suficiente? No texto que recebi, Melissa Taylor faz algumas perguntas a respeito de si mesma:

Quando um amigo me trai, Deus é suficiente?
Quando preciso perdoar alguém por ter feito algo que parece imperdoável, Deus é suficiente?
Quando meu filho tem problemas que estão fora de meu controle, Deus é suficiente?
Quando meu casamento está à beira da destruição, Deus é suficiente?
Quando não sou perdoado por outra pessoa, Deus é suficiente?
Quando minha mãe está morrendo de câncer, Deus é suficiente?
Quando os outros não reconhecem meu valor, Deus é suficiente?
Quando estou lutando profissionalmente, Deus é suficiente?
Quando alguém que amo usa palavras para me ferir, Deus é suficiente?
Quando tenho dívidas e não sei como pagar minhas contas, Deus é suficiente?
Quando sou lembrado de algo que fiz no passado, Deus é suficiente?
Quando o mundo está agitado, Deus é suficiente?
Quando minha saúde está declinando, Deus é suficiente?
Quando estou deprimido e desapontado em minha vida, Deus é suficiente?


Não existe nada debaixo do céu onde vivemos que seja garantido. Nosso casamento pode acabar, a casa pode não ser a de nossos sonhos, podemos ser demitidos de uma hora para outra, os clientes podem ir para outro fornecedor, o namorado pode buscar outra pessoa, o tratamento médico pode não dar certo. A questão é: No meio disso tudo, Deus é suficiente para você? Quer você viva em uma mansão, uma casa ou em um barraco, Deus é suficiente? Pra mim é. Porque não importa se o mundo vai contra mim, eu tenho Jesus.

Se Ele é suficiente para você, nada mais importa. É esse o sentido do Salmo 23.1: “O Senhor é o meu pastor, nada me faltará”. Já tenho tudo o que preciso e quando o mundo, as circunstâncias, meus amigos, colegas, irmãos, cônjuge, filhos ou qualquer um procura me jogar ao chão, posso me ajoelhar e me encontrar com Jesus. NEle há conforto.

Porque ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; ainda que decepcione o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja gado; Todavia eu me alegrarei no SENHOR; exultarei no Deus da minha salvação” (Habacuque 3.17-18).

Quando a vida coloca mais peso do que você pode suportar, não desista. Pergunte: “Deus é suficiente para mim?”. A resposta mudará tudo e dará outra visão das coisas.

Que Deus seja suficiente para você.

No amor de Cristo.