O Sino da Praça

Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei” (Mateus 11.28).

O terremoto de 8,8 graus na escala Richter que atingiu o Chile neste último sábado foi pouco sentido no Arquipélago de Juan Fernández, entretanto a região foi atingida pelo tsunami provocado pelo tremor. Uma menina chamada de Martina ao ver que barcos se chocavam violentamente no mar, correu e tocou os sinos na praça que acordaram e avisaram todos sobre o perigo que chegava. Minutos depois a aldeia foi invadida por ondas mortais e gigantescas. Aquela menina salvou a muitos porque viu longe, em alto mar, barcos se chocando. Nada sobrou. Os que se salvaram tiveram que se abrigar no alto das regiões altas da ilha.

Talvez você esteja vivendo dias tranqüilos. Muitos escutam distantes o choro de quem sofre. Outros assistem o destruir de estruturas e lares de amigos e vizinhos, como se nada estivesse acontecendo. Porém, uns, mais sábios, olham para longe e vêem que essa calmaria não acabará bem. Não olham as circunstâncias que o rodeiam, mas tem seus olhos bem longe, onde se formam e de onde vêem as ondas mortais. Apesar do choro, da tristeza, das perdas, do desemprego, das doenças, da morte não ter sido sentida em sua vida, em sua ilha, em sua casa, em seu coração, nunca é tarde para avisar-lhes: “Olhe para longe, ondas gigantescas podem estar chegando”. Sim elas chegam para mim e para você. Com tamanhos e forças diferentes, mas elas chegam. Cabe a nós estarmos preparados. Quem sabe você é alguém que precisa parar de fumar, de resmungar, de brigar, de viver mal humorado, de gastar indissolutamente, de ser indiferente, de não ser amável, de não cuidar da saúde, de ser um egoísta, de ser alguém de má vontade, de viver numa ilha isolada de tudo e de todos e de achar que os tremores passam bem longe de você.

Quem sabe você precisa orar mais, correr mais, sorrir mais, amar mais, agradecer mais, cuidar mais, olhar para frente com os olhos de quem se prepara para o perigoso viver. Deixe Deus abrir os seus olhos. Ele está a tocar os sinos da praça que avisam, cuide-se, fique comigo, suba ao lugar mais alto, deixe-me protegê-lo.

Não há lugar melhor para ficar na tempestade, no maremoto, na bonança, no dia claro ou no mais escuro dos dias, na noite fria ou na noite quente, em terra firme ou no alto mar que no Alto dos braços de nosso Pai.

Se você está passando por terremotos e tsunamis em sua vida, Jesus está pedindo: Venha a mim, tu que estás cansado e oprimido e Eu te aliviarei. Vá pro alto correndo, antes que, tudo piore e não reste mais nada.

Oração: Leva-me ao alto de tua presença. Mantenha-me nos teus santos lugares. Assim viverei seguro e quando vier a onda gigante, mesmo que ela me atinja, nunca morrerei. Viverei para sempre nos teus lindos e seguros braços. Faz-me ver com teus olhos as setas dos meus inimigos e a imprudência de meu coração e habitarei contigo, por tua misericórdia e amor, por longos dias.