Precisamos Uns dos Outros

Sempre dou graças a meu Deus, lembrando-me de você nas minhas orações” (Filemom 1.4).

Há pessoas em sua vida pelas quais você é agradecido? Nós não costumamos pensar nisso o suficiente. As maiores lições de minha vida sempre aconteceram quando estive separado da família e dos amigos. É sempre quando percebo o que a sua amizade e amor significam para mim.

Precisamos ser gratos por aqueles que Deus colocou em nossas vidas. Mas não é suficiente sermos agradecidos, precisamos nos lembrar deles em oração.

No dia em que minha mãe descansou, o Pr. Sinval, que fez a cerimônia de sepultamento disse que perdeu uma pessoa que intercedia todos os dias por ele. Aquilo me tocou também, porque sabendo que ela era uma pessoa de oração, disse aos meus irmãos: “Perdemos alguém que orava por nós todos os dias”.

Sei que muitas e muitas vezes fui livrado de situações muito difíceis por causa da intercessão de minha mãe e de outras pessoas em oração.

Quantas pessoas estão orando por você regularmente? Ninguém vive isolado. Você precisa de outras pessoas e especialmente de oração, assim como os outros precisam de você.

Barbara Johnson diz: “Justamente quando você está no meio da dor e passando por esses momentos difíceis, é que você tem que dizer: ‘Ei, sou um Cristão, mas estou realmente ferido. Preciso que você ore por mim e preciso que me ame porque nesse momento não estou sendo efetivo como Cristão. Não posso sair por aí dizendo o quanto estou feliz. Com o tempo vou fazer, mas nesse momento preciso de conforto e do amor de Deus’”.

Quando você passou por dificuldades, muitas pessoas oraram por você e por sua família, mas e depois? Como fica quando a dor ainda é profunda e todas as pessoas esperam que você tenha voltado a viver?

Ligue para um amigo que ouça você silenciosamente e que ore por você. Tenha a certeza de pedir que orem por você. Eles podem nem pensar nisso se você não trouxer sua necessidade. Fiquei muito feliz em ouvir de algumas pessoas que elas assumiram o compromisso de orar todos os dias por nós. Mas é essencial que estejamos também atentos às necessidades dos outros.

M. E. MacDonald escreveu que “A verdadeira ameaça à vida no mundo hoje não é a bomba de hidrogênio ou a atômica … mas o fato da proximidade sem comunidade”.

Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus os perdoou em Cristo” (Efésios 4.32).

Dou graças a Deus, a quem sirvo com a consciência limpa, como o serviram os meus antepassados, ao lembrar-me constantemente de você, noite e dia, em minhas orações” (2 Timóteo 1.3).

Oração: Dá-me graça, querido Deus, para tratar as pessoas da maneira que queres que sejam tratadas. Obrigado pelas orações que têm sido feitas em meu favor. Que eu esteja atento à necessidades daqueles próximos a mim. Em nome de Jesus, em quem há verdadeira unidade. Amém.