Deus tem todos nós em suas mãos!

Hoje acordei e fiquei pensando
em uma foto do Pr. Fanini, que vi no Orkut,
com seus filhos, com sua família.
Acho que uma das últimas, e lá nos EUA.

Fiquei pensando que bênção para todos eles
esta reunião familiar,
esta alegria de festejar mais uma criança
e se temos de morrer um dia
(em muitas ocasiões pensamos que não)
que seja no meio das pessoas que amamos, e
que possamos nos despedir deles,
dos que nos são caros.

Ao final de tudo,
depois da festa, dos encontros com
todas as pessoas que conhecemos,
que nos admiram,
que nos elogiam,
que nos seguem,
que nos aplaudem
é muito bom “voltar para casa”.

E é lá, que queremos estar,
no abraço mais importante do mundo,
dos que verdadeiramente nos amam,
pois nos conhecem de todos os ângulos,
sabem como é o nosso avesso,
sabem dos nossos mais escondidos sonhos,
conhecem até nossos passos
e sabem se estamos inquietos
ou não sem mesmo olhar para nossos rostos.

É lá, no aconchego da família que queremos estar
quando dói a alma e a barriga,
o coração ou o dente, ou a cabeça,
pois apesar das nossas esquisitices,
do nosso mau humor, das nossas inseguranças
é lá, só lá que encontraremos o colo que tanto precisamos.

Um abençoado o Fanini, não?
Além de ter tudo isto – uma família-,
ainda foi neste lugar de amor
que descansou,
que recebeu cuidados,
e seguiu para a Casa do Pai.

Pensando estas coisas comecei a cantar algo tão antigo
Рṇo me perguntem por que, pois ṇo imagino
a última vez que ouvi ou regi este hino.
Aliás, não é um hino, é um negro spiritual que diz insistentemente:
Deus tem o mundo em suas mãos.

O vento e a chuva estão em suas mãos,
Os nenenzinhos estão em suas mãos,
Deus tem o pecador em suas mãos
Deus tem todos nós em suas mãos
.

Já se passaram três horas que acordei,
mas dentro da minha mente não sai esta frase:
*Deus tem o mundo em suas mãos.

Oh, que consolo e que certeza esta que temos:
A esperança de que em qualquer circunstância,
em qualquer momento podemos voltar
para nossos queridos e principalmente,
quando a nossa “… aurora brilhar até ser dia perfeito”,
iremos para a Casa do Pai,
levando conosco os molhos dos frutos que plantamos,
no intervalo que tivemos neste mundo
para fazer algo,
para realizar a missão
que Deus nos confiou.

Sim,
Deus tem todos nós em suas mãos!


* Deus tem o mundo em suas mãos – negro spiritual, tradução de Bill Ichter, arranjo de W. Reynolds, impresso em Antemas corais, JUERP (1961).

(Pr Fanini exerceu 11 mandatos de presidente da Convenção Batista Brasileira (CBB) e ocupou a mesma posição na Aliança Batista Mundial (BWA, sigla em inglês) por cinco anos – faleceu no dia 19 de setembro de 2009 em viagem de visita à neta que acabara de nascer)
Westh Ney Rodrigues Luz (Publicado sob permissão)