Espaço ou Posição Define a Situação

“Deus está no meio dela; não será abalada; Deus irá em seu auxílio ao romper do dia” (Salmo 46. 5)

Quando Deus está no meio da nossa vida, dois benefícios acontecerão quando passarmos por sofrimento: a) não seremos abalados, b) Deus virá em nosso auxílio.

A expressão hebraica bal-timmôt, traduzida por “não será abalada”, significa literalmente “não balançará”. Talvez Lutero foi inspirado por esse salmo ao escrever: “castelo firme é nosso Deus”; literalmente, um Deus que “não balança”. Oscilar e balançar é mover-se de um lado para outro, é sofrer abalo, é vacilar… A afirmação do salmista é animadora: aquele que deixa Deus ocupar o meio, o centro da sua vida, não será movido de um lado para o outro, numa situação de inconstância e dúvida, quando enfrentar grande angústia, tempestade e stress.

A outra verdade é que essa pessoa experimentará a realidade de Deus vir em seu auxílio. E porque só ao romper do dia? Por que não já durante a noite? A verdade é que Deus virá ao encontro da necessidade trazendo auxílio e socorro no tempo dEle. “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã” (Salmo 30.5), ensina um outro salmo. O que Deus revela nesses salmos sobre a Sua própria pessoa é que Ele sempre vem em auxílio daquele que O colocou “no meio” da sua vida; “cedo ou tarde”, i.e., no início ou no fim da tribulação – o “quando” é reservado à soberania divina.

Enfrentar as tempestades da vida sem “balançar” e com a certeza e a realidade do auxílio divino não é meramente uma arte, é antes de tudo uma escolha! Escolha, porque a condição para experimentar essa força nas tempestades e sofrimentos decorre da expressão fundamental: “Deus está no meio dela”. E “no meio” pode significar espaço ou posição.

É verdade que, religiosos, muitas vezes oferecemos a Deus espaços na nossa vida. Alguns oferecem um espaço a Deus em sua casa, simbolicamente colocando uma Bíblia aberta sobre a arca, outros oferecem a Deus um espaço, um tempo especifico em suas vidas, no Natal, aos domingos, antes das refeições… Embora dar espaço a Deus seja importante, o fundamental é deixar Ele ocupar posição!

“Deus está no meio dela” a partir da categoria não meramente espacial, mas posicional, significa deixar Deus ser Deus! Isto é permitir que nenhum outro, nem ao menos nós mesmos, ocupe a posição que só Ele deve ocupar: o centro, o trono, o senhorio!

Aquele que deixar Deus ocupar não apenas um espaço, mas a posição única de comando em sua vida experimentará com certeza, nos momentos mais difíceis da vida, firmeza e auxílio do Alto.

Então eu pergunto: Deus ocupa um espaço ou a posição em sua vida?

Pr. Josué Mello Salgado (Publicado sob permissão)