Onde Deus Está?

Eis que ele passa por mim, e não o vejo; segue perante mim, e não o percebo” (Jó 9.11).

Dentre as primeiras perguntas que fazemos quando a calamidade nos atinge é: “No meio de tudo isso, onde Deus está?”, porque simplesmente parece que estamos abandonados ou esquecidos por Ele. Nos momentos mais terríveis da experiência de Jó ele procurou Deus, mas como a Bíblia diz Jó não o viu ou percebeu.

Um garotinho esperou ansiosamente pela festa de aniversário de um amigo que vivia há alguns quarteirões da casa dele. Quando chegou o dia da festa, uma tempestade de neve atingiu a região fazendo com que as calçadas e ruas ficassem praticamente intransitáveis. O pai do garoto, sentindo o perigo, hesitou em deixar o menino sair. O jovenzinho reagiu com lágrimas nos olhos: “Mas papai”, ele implorou, “todos os outros meninos estarão lá. Os pais deles deixaram que eles fossem”. O pai pensou um momento e respondeu com suavidade: “Está bem, pode ir”. Surpreso, mas transbordando de alegria, o garoto se agasalhou e entrou na tempestade. O vento era tão forte e frio que a visibilidade era quase impossível e levou mais de meia hora para o menino vencer a pequena distância até o lugar da festa. Quando tocou a campainha, ele se virou brevemente para olhar a tempestade e seus olhos captaram a sombra de uma figura conhecida. Era seu pai. Ele havia seguido cada passo de seu filho para certificar-se de que ele chegaria em segurança.

Quando estamos passando por uma tempestade, o vento é tão forte que se torna difícil levantarmos os olhos para vermos que Deus está presente como aquele pai que acompanhou seu filho. Normalmente estamos olhando para nós mesmos, somente para o vento gelado da calamidade.

O Pr. Hélio Schwartz Lima realizou a cerimônia no sepultamento de meu pai. Ele falou sobre a experiência do cristão com base no salmo 23. Para mim um dos versos mais marcantes naquele dia foi o verso 4 que diz: “Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam

Não sabemos onde ou quando uma tragédia nos atingirá e onde isso nos levará. Não sabemos o que acontecerá amanhã, mas sabemos quem é o nosso Deus. Então, quando uma calamidade atingir você, lembre-se que o Senhor dos Exércitos está conosco (Salmos 46.7). Quando John Wesley estava nos seus últimos minutos de vida, se esforçou para dizer algo. Por fim, com todas as forças que tinha, disse bem alto: “O melhor de tudo é que Deus está conosco”. De novo, levantando a mão e acenando em triunfo exclamou com efeito: “O melhor de tudo é: Deus está conosco!”.

Você sabe que Deus está com você? Deus está conosco na pessoa de seu filho Jesus Cristo que também é chamado EMANUEL, que quer dizer: Deus conosco (Mateus 1.23). Confie nele. Tenha a certeza de que Ele está ao seu lado acompanhando cada movimento e tudo o que acontece ao seu redor. Lembre-se de quem é o nosso Deus e olhe para Ele. Quando estiver no fundo do poço, no meio da tempestade, levante os olhos para cima, levante os olhos para Deus!

Oração: Deus, no meio de tanta dor, quero tirar os olhos de mim mesmo e da circunstâncias. Me dê forças para levantar os olhos para ti. Confio que estás bem perto e me entrego totalmente em tuas mãos, sabendo que me levarás a um lugar seguro.