Agora Entendo o Beija-Flor – A Face do Senhor de Todas as Coisas

Na minha infância passamos cerca de quatro anos em Teresina no Piauí. Lugar de clima quente e de pessoas calorosas e amáveis. Tenho lembranças maravilhosas dos dias que passamos lá. Lembro-me da primeira bicicleta. Lembro-me que foi meu primo Kaká , hoje médico em São Paulo, que me ensinou a andar naquela super-máquina. Não me esqueço do dia que tentei subir de bicicleta a calçada, pelo alto meio fio, e de voltar pra casa inteiro, mas com a bicicleta partida ao meio. Tenho muitas lembranças bacanas. Minha mãe nos levando de Kombi ao interior do Piauí para as congregações em Campo Maior, os banhos no Rio Poty. O caju que comíamos nos cajueiros a beira do rio Poti. A igreja Batista da Catarina. Todos meus amigos, irmãos e irmãs para sempre. Meu avô e as maravilhosas revistas em quadrinhos na casa dele. O trabalho de meu pai. O desespero do primeiro dia de aula. Quando sai correndo desesperado atrás do carro de meu pai. A Irmã Maria do Rosário e todos seus filhos queridos. E as mágicas do Pastor Donald Spiegel são um caso a parte. O Pr Donald Spiegel foi o Pastor de nossa família de 1970 a 1974 durante período que morávamos em Teresina no Piauí, na Igreja Batista da Catarina. Que tempo maravilhoso! Sua amada esposa Beth e seus filhos, David e Martinha foram marcantes para minha vida. Lembro-me que meu pai depois de sair do Piauí voltou conosco para uma conferência evangelística e ficamos hospedados na casa dos Spiegels. Passamos o dia dos pais na casa dele. No momento de dar os presentes em comemoração aos dias dos pais demos, eu, Eduardo e Guilherme um presente para meu pai e um para o Pastor Donald. Eles eram, são e sempre serão especiais. Agradeço a Deus por tudo amor que eles nos deram, por suas sempre presentes e constantes orações. Agradeço muito mais, após o recebimento do seguinte e-mail:

É com muita tristeza que nós, Betty, Martinha e eu, mandamos nossas condolências na passagem do seu pai, Dr. Luiz, para seu eterno galardão. A notícia veio como um choque enorme e nos abalou.

Palavras nos faltam para dizer o que seu pai significava para nós em nosso ministério no Brazil. Sempre dizemos que um período bem agradável em Teresina foi o tempo em que Dr. Luiz, Dona Izó, Eduardo, Rubem e Guilherme eram membros da Igreja Batista da Catarina. Tentamos entender porque Deus levou nosso irmão Dr. Luiz para os céus e temos a tendência de perguntar “por que?”

Nosso pastor, da Ceddar Creek Baptist Church, nos ajudou a entender como Deus tem planos para cada vida e não temos razão de perguntar, “ Por que?”. O pastor recentemente acabou de pregar quatro mensagens sobre o livro de Rute que tem quatro capítulos. Mesmo que não entendamos, Deus tem os planos dEle. Lembro-me que no sermão sobre o capítulo 2, nosso pastor disse que a palavra “coincidência” não se encontra na Bíblia. Que dizer, nada acontece por acaso. Em Moabe, o marido e os dois filhos de Noemi morreram. Uma das noras, Rute, voltou com Noemi para Judá. Em capítulo dois vemos os planos de Deus. Rute conhece Boaz. Na vida de Rute, Deus estava planejando algo para que ela pudesse ser da linhagem de Davi e assim de Jesus Cristo.

No fim da mensagem o pastor declamou uma poesia que eu tentei traduzir hoje em português. Fala de nossa vida como um bordado e nós vemos somente o lado ou a face interior. Deus pode ver o lado superior. Algum dia nós vamos ver quando Deus revelar seus planos.

“O BORDADO DE DEUS ( autor desconhecido )

Minha vida é somente um bordado,
Entre meu Senhor e eu.
As cores que eu prefiro ver,
Não são cores que Ele escolheu.
As vezes Ele usa fios tristes e escuros,
E da minha parte não posso concordar.
Porém, ele de cima da borda os Seus planos.
E o avesso é só que eu posso contemplar.
Só quando a agulha e a linha estão quietas
E a última cor está cozida no lugar,
É que Deus vai desenrolar o pano
E a obra prima a todos, Ele vai apresentar.
Pois as linhas negras são tão precisas
Se a mão do Artesão põe no seu lugar,
Combinam com fios de ouro e prata
No padrão divino quando Ele planejar.”

Oremos que Deus seja um grande Consolador nestes dias de separação.

Em Amor Cristão, Pr. Donald, D. Betty e Marta.

Obrigado Deus por palavras tão maravilhosas! Palavras de Paz e de consolo.

Ainda bem, que existe o Senhor de todas as coisas. Viver em sua dependência é algo de extremo valor. Posso dizer com a maior certeza que é uma grande vantagem nestes dias. Imagine a vida de alguém que deixa a vida lhe levar. Que tudo que acontece é coincidência. Que tudo não passa de “é o jeito”, “não podemos fazer nada”, “foi melhor assim”, “ foi descansar”, “acabou a viagem”, e muito mais. Espero que não seja a vida que você leva.

O Senhor Nosso Deus é o Senhor da vida. Seus planos nunca falharão. Ele borda paisagem belíssima apesar de vermos apenas fiapos coloridos sem sentido. Os planos são Dele. A vida é dele e a morte é nossa. A morte não é mais dele pois Ele já passou por ela da forma mais dolorosa e VENCEU! Ele tem o controle de tudo. Por ser Ele o Senhor da Vida. É Ele que dá e é Ele que tira. A morte é nossa, pois é o único jeito de vermos Ele face a face. É algo doloroso, intensamente rejeitado, mas é o único meio de encontrarmos com Deus. O apóstolo Paulo disse que para ele o viver era Cristo e o morrer era lucro. No plano do Senhor o pecado que nos levava a morte já estava derrotado para todo aquele que crêem no Senhorio do Senhor Jesus Cristo em suas vidas. Amo meu Senhor, pois sei que Ele venceu a morte e que no seu plano eu a venceria também. A morte não é a única certeza que temos ao nascer. A certeza de encontrarmos o Senhor de todas as coisas face a face é vitória para nossas vidas e descanso para todos que Nele confiam. Não serão fiapos que nos separaram do amor de Deus. Não serão formas e desenhos sem entendimento que nos colocarão pra baixo. Deus escreve a minha vitória, a sua vitória e a nossa vitória. Quem assina sou eu e você. Ele já assinou o Seu Nome com Sangue vertido na cruz do Calvário.

O Senhor de todas as coisas é o Senhor de sua vida. Não é o senhor de sua morte. Você é o senhor de sua morte. A escolha de pertencer ao Dono de Tudo é sua. Vida ou morte? Qual delas tu irás escolher? Há um hino muito antigo que diz:

“Meu amigo, hoje tu tens a escolha.
Vida ou morte qual vais aceitar.
Amanhã pode ser muito tarde
Hoje Cristo te quer libertar”


Que bom que Jesus venceu a morte. Louvado seja Deus pela presença do Senhor de todas as coisas em nossas vidas.

** Do livro Agora Entendo o Beija-Flor**
** Todos os direitos reservados **